Psicologia: Teoria e Pesquisa

A criança hiperativa: uma visão da abordagem gestáltica

Hyperactive child: a gestaltic view

Gestalt psychotherapyResearchQualitative researchPortuguese
Journal Article

Abstract

A pesquisa objetivou investigar o funcionamento psicológico da criança hiperativa em base a teoria do ciclo do contato da abordagem gestáltica, proposta por Ribeiro (1997). O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) caracteriza-se por distúrbios motores, perceptivos, emocionais e comportamentais. Segundo os critérios diagnósticos do DSM-IV (1994), esse transtorno reúne 18 sintomas básicos de desatenção, hiperatividade e impulsividade. A pesquisa adotou uma abordagem qualitativa. A amostra foi composta por 20 sujeitos: cinco casais, cinco professoras e cinco crianças entre oito e 11 anos de idade. Utilizaram-se a entrevista aberta e o Teste de Apercepção Infantil com figuras de animais (CAT-A), como instrumentos de coleta de dados. Concluímos que a criança hiperativa apresenta processos psicológicos específicos que formam a base de sua personalidade. A hiperatividade é a característica que define o transtorno. Não há propriamente um déficit de atenção. Propomos, portanto, uma terminologia diferente: Transtorno de Hiperatividade/Atenção.
The study investigated the psychological functioning of the hyperactive child according to Contact Cycle Theory of Gestalt Approach, proposed by Ribeiro (1997). Attention Deficit/Hyperactivity Disorder (ADHD) is characterized by motor, perceptual, emotional and behavioral disturbances. According to DSM-IV (1994), the disor-der comprises 18 basic symptoms of inattention, hyperactivity and impulsiveness. The research adopted a qualitative approach. The sample was composed by 20 subjects: five couples, five teachers and five children from eight to 11 years old. Non-structured interviews andchildren's apperception test using animal figures (CAT-A) were applied as instruments to collect data. We concluded that hyperactive child displays specific psychological processes forming the base of his personality, hyperactivity is the characteristic that defines the disorder, and that there is no attention deficit properly. Thus, we propose a different terminology: Hyperactivity/Attention Disorder.

APA citation

Antony, S., & Ribeiro, J. (2004). A criança hiperativa: uma visão da abordagem gestáltica. Psicologia: Teoria E Pesquisa, 20, 127-134. http://doi.org/10.1590/s0102-37722004000200005